terça-feira, 30 de novembro de 2010

A Máquina calculadora (Charles Babbage)

   Charles Babbage nasceu na Inglaterra, em Londres. Há uma pequena dúvida sobre a data de nascimento dele. A primeira, aponta 26 de Dezembro de 1792 Entretanto, dias mais tarde, um sobrinho de Babbage escreveu dizendo que seu tio havia nascido precisamente um ano antes,  em 1791. Mais tarde, indícios provaram que Babbage havia nascido no dia 06 de Janeiro de 1792. A confiabilidade de todas as três fontes é questionável. (http://pt.wikipedia.org/wiki/Charles_Babbage)

 Babbage era muito inteligente e tinha talento especial para a matemática, que estudou por sua conta própria na adolescência Dentre suas principais contribuições está à criação da primeira calculadora que, segundo ele simulava as ações mentais. Além de tabular os valores das funções matemáticas, a máquina dispunha de recursos para jogar xadrez, damas e outros jogos. Era até mesmo dotada de memória para armazenar os resultados parciais usados posteriormente para completar o cálculo. Babbage batizou a calculadora de “a máquina da diferença”.
A máquina compreendia cerca de 2 mil peças de aço e de bronze, como hastes, engrenagens e discos, montadas com perfeição e movidas ou colocadas em funcionamento por  uma manivela manual. A calculadora de Babbage funciona até hoje.

Babbage resolveu promover à nova máquina junto às pessoas mais influentes da época. Organizou grandes festas na sua residência de Londres, com ate 300 convidados pertencentes à elite social, intelectual e política. Personalidades importantes faziam questão de serem vistas  na casa do brilhante contador de anedotas, inventor e celebridade, e de estarem da presença de Babbage, ao lado da extraordinária máquina. Entretanto, a máquina completa era volumosa demais  para ser exibida na casa. Assim Babbage construiu um modelom menor e colocava-o em  funcionamento para entreter os visitantes. Tinha aproximadamente 76 cm de altura, 61 cm de largura e 61 cm de profundidade.
     
Depois de 10 anos, Babbage foi forçado a abandonar seu trabalho com a máquina da diferença, pois o governo retirou seu apoio por causa dos altos custos. Um funcionário do governo britânico disse que se a máquina um dia fosse terminada, deveria “primeiramente calcular quanto dinheiro havia sido gasto para construí-la". A máquina podia refazer ou substituir determinados tipos de atividades mentais e representou a primeira tentativa de sucesso na reprodução do processo cognitivo humano e no desenvolvimento de uma forma de inteligência artificial.

Autora: Hélida (1o período)

2 comentários:

  1. Olá.
    Você poderia mencionar a fonte que indica que o projeto foi abandonado? Pois os registros históricos mostram que o projeto não fora finalizado antes da morte do inventor. Também cite quem te disse que a máquina jogava xadrez, por favor.

    ResponderExcluir